Rede de Caridade é uma das principais ferramentas da SSVP Brasil na ajuda aos necessitados

0
328

A Rede de Caridade surgiu no auge da pandemia do Covid-19, em abril de 2022, para colaborar com os Lares de Idosos (ILPIs) da Sociedade de São Vicente de Paulo, que passavam por dificuldades durante a crise. A campanha nacional chegou a socorrer mais de 600 lares espalhados por todo o Brasil. Na época, as unidades escreviam projetos que eram analisados e, após aprovados, recebiam recursos.

Com o relaxamento das medidas de segurança e o retorno à normalidade, a Rede de Caridade passou a ter um novo objetivo e se transformou em uma fonte de recursos para colaborar com locais que sofreram com as chuvas. No final de 2021, começo de 2022, o país inteiro presenciou a situação de calamidade gerada pelas fortes chuvas em diversas regiões do Brasil. Para socorrer as vítimas e dar apoio às famílias, a SSVP Brasil direcionou as doações da Rede para prestar socorro aos prejudicados. 

“A campanha, desde o início, teve o grande intuito de colaborar em situações de vulnerabilidade. Ajudar nossos Pobres, sejam eles aqueles que perderam tudo nas enchentes, aqueles que estão abrigados em nossos lares ou aqueles que estão em situação de rua e nem uma casa tem para morar”, explica do Presidente do Conselho Nacional do Brasil, confrade Márcio José da Silva.

O valor arrecadado é destinado às benfeitorias para os Mestres e Senhores. Cada doação é importante para a SSVP atender a todos da melhor forma. “Através da Rede da Caridade, pudemos reconstruir casas atingidas pelas enchentes de 2021/22 no sul da Bahia, no norte de Minas Gerais e em Petrópolis. Foram mais de 100 casas reconstruídas”, relembra o Presidente.  

A Rede de Caridade enfatiza uma das maiores características dos vicentinos: a união para ajudar na mesma causa, os Pobres. Além da ajuda prestada às famílias atingidas pelas enchentes, quando a Rede de Caridade conseguiu destinar mais de R$ 620 mil para as vítimas, os feitos durante os meses mais sombrios da pandemia nos Lares de Idosos também foram relevantes. 

Entre os exemplos estão, a verba destinada ao Lar Betânia, em Montes Claros/MG, que usou a doação para pagar o salário de 78 funcionários, responsáveis por atender 120 idosos que moram no lar; a compra de medicamento para a Casa do Bom Samaritano, em Sobral/CE, que usou os recursos da Rede de Caridade para comprar equipamentos de proteção individual e remédios que estavam em falta; a amortização da dívida do Lar Vila Vicentina, em Campos Gerais/MG, que enviou um projeto a Rede de Caridade para ajudar no pagamento de R$ 25 mil em contas e fornecedores; a compra de alimentos e remédios para a Casa do Idoso Raimundo, em Grajaú/MA, entre muitas outras iniciativas.

“Temos muitos exemplos que tiveram ajuda do CNB através da Rede de Caridade. Foram centenas de lares atendidos com produtos de higiene pessoal, pagamento de funcionários e produtos de proteção pessoal. Até cilindro de oxigênio foi comprado com o dinheiro do Rede de Caridade para alguns lares e hospitais da SSVP”, relembra Márcio. 

A Rede de Caridade  tornou-se uma das principais ferramentas da SSVP Brasil para atender os Pobres.  Através dela é possível levar acalanto na hora do sofrimento. “Precisamos levar a Rede de Caridade para fora da SSVP, motivar empresas e pessoas que não são vicentinas a ajudarem também, por isso, é importante que todos os vicentinos comprem a ideia e nos ajudem a divulgar”, incentiva o Presidente do CNB. 

Para saber como ajudar, acesse o site: https://ssvpbrasil.org.br/rededecaridade/ 

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY