Encontro Nacional da Família Vicentina reacende a chama da caridade em Osasco/SP

0
132

Entre os dias 30 de maio e 2 de junho de 2024, a cidade de Osasco/SP recebeu o XVII Encontro Nacional da Família Vicentina do Brasil, cujo tema foi “Manter o Fogo Aceso: Família Vicentina em Ação”. O lema do evento, inspirado em Lucas 24:32, foi “Não ardia o nosso coração quando ele falava conosco no caminho e nos explicava as Escrituras?”.

O encontro reuniu 64 vicentinos de diversos ramos, incluindo a Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP), Congregação da Missão (CM), Filhas da Caridade (FC), Associação Internacional de Caridades (AIC), Associação da Medalha Milagrosa (AMM), Congregação dos Fráteres de Nossa Senhora Mãe de Misericórdia, Irmãs de São Vicente de Paulo Servas dos Pobres de Gysegem (ISVPG), Família Elisabethiana (FE), Juventude Mariana Vicentina (JMV), Missionários Seculares Vicentinos (Misevi), Religiosos de São Vicente (RSV), Fraternidade Casa de Ranquines – Instituto Servos(as) dos Pobres de São Vicente de Paulo e Congregação dos Irmãos de Nossa Senhora de Lourdes.

Missão e debates para fortalecer a Família Vicentina

O evento iniciou com a celebração da Missa e a tradicional procissão de Corpus Christi, realizada no dia 30, durante a qual foram doados cobertores e mantas para a obra das Irmãs de São Vicente de Paulo de Gysegem, que atende pessoas em situação de rua em São Paulo.

Em seguida, foram realizadas apresentações e debates sobre diversos temas relevantes, como:

  • Formação bíblica e missionária: onde o Padre Ilson Luis Hubner, diretor da Faculdade Vicentina e das Irmãs Filhas da Caridade da Província de Curitiba, abordou a importância da formação para fortalecer a fé e o compromisso com a missão vicentina.
  • Projetos de missões: quando Padre Agnaldo Aparecido de Paula, diretor do Colégio São Vicente de Paulo no Rio de Janeiro, falou sobre projetos de missões desenvolvidos pelos regionais da Família Vicentina.
  • São Vicente de Paulo e Jean Leon Leprevot em tempo de Jubileu: apresentado elo Padre Tito Marega, RSV, assessor espiritual do Conselho Metropolitano de São Paulo, que refletiu sobre a vida e obra de São Vicente de Paulo e Jean Leon Leprevot, cofundador da Sociedade de São Vicente de Paulo.
  • Novas ações para manter vivo o carisma: foram apresentadas diversas propostas para fortalecer o carisma vicentino, como o Projeto 13 Casas, que visa construir casas para famílias em situação de vulnerabilidade.
  • A Família Vicentina e os desafios da amizade social: a Irmã Laura Aparecida Lopes, das Irmãs de São Vicente de Paulo Servas dos Pobres de Gysegem, falou sobre a importância da amizade social no trabalho com os pobres.
  • Incorruptibilidade do carisma: Padre Edson Friedrichsen, organizador da peregrinação das relíquias e replica da imagem de São Vicente de Paulo pelo Brasil, falou sobre a importância de manter viva a chama do carisma vicentino em um mundo em constante mudança.

Além disso, Catarina Erika Morais Lima, representante da Família Vicentina Latino-Americana (FAVILA), apresentou as prioridades e projetos da organização para a região, e o Padre Edson Friedrichsen falou sobre os projetos da Família Vicentina Nacional e apresentou um vídeo do Superior Geral convocando a Família Vicentina para celebrar o ano jubilar na 53ª Romaria da SSVP em 2025.

Nova Coordenação do Conselho Nacional da Família Vicentina

Durante o encontro, foi apresentada a nova coordenação do Conselho Nacional da Família Vicentina do Brasil para o período 2024-2026:

  • Márcia Moreschi – Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP);
  • Padre Edson Friedrichsen – Congregação da Missão (CM);
  • Myriam Dossi – Associação Internacional de Caridades (AIC);
  • Irmã Neriuza Franco – Filhas da Caridade (FC);
  • Elaine Raineri – Associação da Medalha Milagrosa (AMM);
  • Fr. Dominikus Kono Tjeunfin – Congregação dos Fráteres de Nossa Senhora Mãe de Misericórdia;
  • Irmã Carmeluci Gomes Bizinoto – Irmãs de São Vicente de Paulo Servas dos Pobres de Gysegem (ISVPG) e Família Elisabethiana;
  • Suerlen Marinho de Oliveira – Juventude Mariana Vicentina (JMV);
  • Miriam Marconato – Missionários Seculares Vicentinos (Misevi);
  • Sem. Fabio Pereira Feitosa – Religiosos de São Vicente (RSV);
  • Frei João – Fraternidade Casa de Ranquines – Instituto Servos dos Pobres de São Vicente de Paulo;
  • Irmã Maria Rosalie – Fraternidade Casa de Ranquines – Instituto Servas dos Pobres de São Vicente de Paulo;
  • Irmão Antonio Carlos Amorim – Congregação dos Irmãos de Nossa Senhora de Lourdes.

Importância e Desafios

Segundo Padre Edson Friedrichsen, coordenador do Conselho da Família Vicentina no Brasil, o carisma vicentino nunca foi tão atual como vemos hoje, com tantas injustiças e pobrezas agravadas pela pandemia e catástrofes naturais. Porém, a Organização ainda enfrenta o desafio de uma articulação eficaz dos regionais em um país continental como o Brasil. 

 “O Encontro Nacional contribui significativamente para o fortalecimento da Família Vicentina, que tem muito a contribuir para a construção de uma sociedade mais justa e fraterna”, comenta o religioso. 

Vivência dos Participantes

Representantes da SSVP Brasil que participaram do encontro

O XVII Encontro Nacional da Família Vicentina foi essencial para a união e a ação colaborativa entre os ramos da Família Vicentina no Brasil.

Sergio Peixoto, presidente da Conferência Santíssimo Sacramento em Jacareí/SP, expressou sua satisfação com o evento, destacando que, apesar de não gostar de ficar longe de casa, o encontro foi tão envolvente que o tempo passou rapidamente. Ele planeja formar um grupo para trabalhar no Projeto 13 Casas e aplicar as ideias discutidas no evento.

“Foi uma experiência incrível. Aprendi muito sobre o carisma vicentino e sobre como posso contribuir para a organização. Vou voltar para casa motivado a colocar em prática tudo o que aprendi.”, comenta o confrade.

Assim como Sergio, Marisa de Fátima Cardozo Albino, Secretária da Conferência Nossa Senhora da Megalha Milagrosa, em Araraquara/SP, pretende compartilhar os aprendizados com seus irmãos vicentinos em diversas instâncias da SSVP. “Este Encontro foi maravilhoso e, com certeza, foi conduzido pelo Espírito Santo, suscitando em todos nós o desejo de realmente vivermos em Fraternidade no contexto da Família Vicentina”, afirmou ela.

A consócia Yacira Maria Barbosa Gondim, da Conferência de São Tarcísio e presidente do Conselho Central de Fortaleza/CE, destacou o enriquecimento do aprendizado do carisma vicentino através da troca de experiências e pretende compartilhar os conhecimentos adquiridos com seu ramo. “O encontro foi um rico momento de partilha e aprendizado. Levarei comigo o aprofundamento no carisma vicentino e o compromisso de compartilhar o que aprendi com meus irmãos vicentinos.”

Expectativas e Planos Futuros

Márcia Moreschi, membro da SSVP no Conselho Nacional da Família Vicentina, destacou a importância do XVII Encontro Nacional da Família Vicentina para a Organização. “O encontro foi um momento de integração e promoção do trabalho colaborativo entre os diversos ramos da Família Vicentina”, disse ela. “Também foi uma oportunidade para fortalecermos a nossa missão de promover a justiça social e a caridade no Brasil.”

A consócia também reforçou a mensagem que o evento deixa para todos os participantes: “que todos tenham ousadia e coragem para manter acesa a ardente chama da caridade, herança a nós confiada por São Vicente de Paulo”, comenta Márica. 

A representante da SSVP no Conselho Nacional da Família Vicentina comentou sobre os projetos discutidos que são o futuro da Família Vicentina: “queremos incrementar a ação e os projetos em sintonia à Aliança com os sem-teto e atenção à Mudança Sistêmica. Além de divulgar a vocação vicentina e fortalecer os grupos regionais da Família Vicentina no Brasil.

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY