Neste sábado é celebrado o Dia de Nossa Senhora das Graças

0
710

A data de hoje marca o Dia de Nossa Senhora das Graças, padroeira da Região 3 da Sociedade de São Vicente de Paulo. A santidade é foco de preces, sendo devotada por diversos vicentinos e também brasileiros, que recorreram à Nossa Senhora para ter as orações ouvidas.

Segundo a consócia Maria Aparecida Peteck Alencar, vice-presidente do Conselho Nacional Brasileiro (CNB) da SSVP para a Região 3, a devoção à Nossa Senhora das Graças remonta a muitos anos atrás. “Ela faz parte da espiritualidade Mariana da Família Vicentina e no mês de novembro relembramos suas aparições”, comenta a consócia. Ela recorda a história, contando que a Santa apareceu a uma jovem em 1830, Catarina Labouré, mas que de início não deram crédito ao que ela contou.

“Após dois anos de cuidadosa observação do relato de Catarina, o padre Jean se dirigiu ao arcebispo, ordenou a cunhagem de duas mil medalhas. Desde então, ela tem sido símbolo de devoção, sob a invocação da Santa Maria da Medalha Milagrosa”, explica a consócia Maria Aparecida.

Na aparição de Catarina, Nossa Senhora pede à jovem que sejam cunhadas medalhas conforme suas orientações, afirmando que as pessoas que trouxessem o objeto no pescoço receberiam grandes graças. “Quem cuida das medalhas são as Irmãs Filhas da Caridade. Sempre que temos encontros, palestras ou alguma atividade elas levam as medalhas, junto com panfletos, para fazer a divulgação do item. Elas são repassadas aos devotos de forma gratuita”, explica a consócia.

A medalha faz parte da devoção a Nossa Senhora das Graças e foi confiada às irmãs em 1830, quando  passou a ser distribuída nas formações vicentinas e nas atividades da congregação.  Isso popularizou a crença na Santa, o que se espalhou rapidamente, junto com os relatos de milagres e prodígios, histórias reveladas pela Virgem Maria àquelas pessoas que eram devotas.

“Neste tempo de pandemia do Covid-19, vale a pena lembrar das promessas que a Nossa Senhora das Graças. Rezar o terço todos os dias e trazer a medalha no peito são as formas de invocar suas graças”, reforça a consócia Maria Aparecida.

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY