Família Vicentina incentiva a construção de casas para desabrigados ao redor do mundo

0
943

Desabrigados. Para o Instituo Global Sem Teto (Institute of Global Homelessness-IGH) o termo significa pessoas sem casa, em situação de rua ou pessoas que vivem em um alojamento transitório, assim como inadequado ou inseguro. Mudar essa realidade é o objetivo da Campanha 13 Casas, que transformará a vida e mais de 10 mil sem-tetos ao redor do mundo, nos próximos 3 a 5 anos.

“A Campanha 13 Casas surgiu a partir da Aliança da Família Vicentina (Famvin) com as pessoas sem-teto construída em 2017 para celebrar o 400º aniversário do nascimento do carisma vicentino”, explica a consócia Márcia Moreschi, membro da Sociedade de São Vicente de Paulo na Comissão Nacional da Família Vicentina.

O projeto é uma aliança global para fornecer ajuda e incentivar mudanças sistêmicas para cerca de 1.200 milhões de pessoas ao redor do mundo. O nome foi inspirado em um fato histórico, ocorrido em 1643, quando São Vicente recebeu uma herança e, junto com as Damas da Caridade, conhecidas hoje como a Associação Internacional de Caridade (AIC), e as Filhas da Caridade, construiu 13 casas para o acolhimento de crianças abandonadas, além de oferecer outros serviços, como alimentação e profissionalização dos assistidos. 

A ideia da Campanha é atender todas as pessoas desabrigadas, que necessitam de algum tipo de apoio. “O projeto é baseado na colaboração dos membros da Família Vicentina ao nível local. Pode ser uma associação entre dois ramos ou uma associação com grupos afins. Então, cada país deverá desenvolver sua campanha de acordo com suas necessidades e realidades, definindo as formas e locais de atuação”, enfatiza a consócia.

Os projetos podem ser desenvolvidos de diversas formas, desde habitação ou abrigos para sem-tetos, até melhorias e reformas de moradias já existentes. “A Campanha deve atender todas as cidades brasileiras onde há pessoas necessitadas. Basta iniciar um planejamento ouvindo o clamor dos Pobres e formar alianças para desenvolver o projeto”, incentiva Márcia.

 A Campanha 13 Casas é coordenada pelo Comitê Internacional da Família Vicentina, que estimula a implantação do projeto em mais de 156 países, oferecendo auxílio no planejamento e no intercâmbio de experiência. No Brasil, os representantes da Comissão Nacional da Família Vicentina (FAVIBRA), apoiam o estimulam as ações regionais para levar moradia digna a diversas famílias necessitadas.

“São Vicente nos ensinou que reunir recursos e compromissos aumenta nosso impacto, portanto, convidados as lideranças e membros de cada ramo da Família Vicentina a iniciar uma discussão sobre uma ação colaborativa e colocar em prática a Campanha das 13 Casas. Precisamos nos unir para uma ação mais efetiva, em benefícios dos nossos Mestres e Senhores”, enfatiza a consócia Márcia.

Hoje, a Campanha já está presente em 50 países. “Temos esperança de que o próximo será no Brasil”, finaliza a representante da SSVP. Os interessados em trazer a Campanha 13 Casas para o Brasil podem entrar em contato com a consócia Márcia através do e-mail: [email protected] 

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY