Conferência Nossa Senhora das Dores: 100 anos de caridade em Limeira

0
336

Na última sexta-feira, 19 de agosto, a Sociedade de São Vicente de Paulo de Limeira/SP e região comemorou os 100 anos de fundação da Conferência Nossa Senhora das Dores, a primeira da cidade, criada em 22 de julho de 1922. As celebrações ocorreram na Catedral de Nossa Senhora das Dores, local de funcionamento da Conferência, com a presença de cerca de 50 pessoas, entre vicentinos e convidados.

Às 19h30, teve início a Santa Missa, celebrada pelo Senhor Bispo de Limeira, Dom José Roberto Palau, concelebrada pelo padre Benedito Tadeu Rosa, pároco local. Durante a Homilia, Dom José Roberto destacou a importância das cinco virtudes vicentinas (humildade, mansidão, zelo, mortificação e simplicidade) na vida de todos os cristãos, afirmando que os confrades e as consócias da Sociedade de São Vicente de Paulo têm um papel fundamental dentro da Igreja e perante os mais necessitados, e que tais virtudes auxiliam na prática da caridade.

Ao final da celebração, a presidente da Conferência, Maria Salete Ometto Quadros, lembrou que a Conferência Nossa Senhora das Dores, por ser primeira do município, é considerada a “mãe de todas as Conferências”, citando o nome dos fundadores e as condições históricas que permitiram que a SSVP fosse implantada em Limeira, que àquela altura pertencia à Diocese de Campinas.

A celebração foi animada pelo Coral da Catedral, que abrilhantou a santa missa. Representantes da TV Cidade fizeram a cobertura jornalística do evento. A vereadora Terezinha Aparecida dos Santos Guarnieri enviou uma “Moção de Louvor”, aprovada pela Câmara de Vereadores. Também o deputado federal Miguel Lombardi, que é confrade, enviou uma mensagem alusiva à data.

Além das lideranças locais, prestigiariam o evento a consócia Priscila Rosa de Freitas Santos, presidente do Conselho Metropolitano de São Carlos, e o confrade Renato Lima de Oliveira, 16º Presidente-geral Internacional. Com a palavra, o confrade Renato presenteou o Conselho Central e a Conferência aniversariante com um quadro sobre os sete fundadores da SSVP e uma relíquia autêntica do bem-aventurado Antônio-Frederico Ozanam, que poderá ser exposta para adoração na própria Catedral.

 Após esse momento, foi servido um coquetel e, logo depois, todos cantaram os parabéns pelos 100 anos da Conferência Nossa Senhora das Dores, deliciando-se com um bolo muito saboroso. Por volta das 23h, a reunião festiva foi encerrada.

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY