Projeto “Todos Somos Um” abre inscrições

0
1548

O edital para as Obras Unidas participarem do Projeto “Todos Somos Um” foi lançado hoje, dia 05 de fevereiro, e as inscrições podem ser realizadas até o dia 15 de março. A edição 2024 irá destinar R$ 400 mil para inicialmente 20 projetos até o valor de R$ 20 mil, mas caso os projetos selecionados não atinjam o valor total, a equipe irá analisar os subsequentes. O edital está disponível no link https://ssvpbrasil.org.br/todos-somos-um/

O Projeto Institucional “Todos Somos Um” foi lançado pelo Conselho Nacional do Brasil (CNB) em 2018, após a constatação in loco de várias Obras Unidas passando por crise financeira. O CCNB então decidiu, através da seleção criteriosa de projetos, ajudar na melhora de estrutura das Obras selecionados, possibilitando atendimento digno aos assistidos.  “O ‘Todos Somos Um’ é lançado a cada ano sempre com o objetivo de proporcionar apoio financeiro às Obras Unidas em necessidade, garantindo o aporte de recursos exclusivamente para projetos de ampliação, equipamentos, adequação e reforma de espaços, visando à melhoria do atendimento aos assistidos institucionalizados ou mesmo o cumprimento de exigências legais. Para este ano, equipamentos de proteção individual não serão contemplados, bem como Fraldas descartáveis, géneros alimentícios ou limpeza”, explica o 4º Vice-Presidente do CNB, Mário Lucas de Brito Junior.

De 2018 até 2023, o “Todos Somos Um” possibilitou 470 atendimentos em Obras Unidas, totalizando o valor de R$  1.978.688,17.

Edital e inscrições

Diferente das edições anteriores, em 2024 toda a documentação deverá ser anexada, orçamentos e pareceres das Unidades deverão ser anexados no link de inscrição, disponibilizado na ferramenta Google Forms, constante no edital.

Os recursos para a realização do Projeto vêm parte do caixa do Conselho Nacional do Brasil, advindo da Contribuição da Solidariedade, Contribuição Regulamentar Duocentésima e Meia – 2,5% e o restante de outras contribuições. “O mês de março ainda nem chegou, então, ressalto os vicentinos que ainda não doaram, que façam suas doações para a Contribuição da Solidariedade. Assim podemos ajudar as Obras Unidas, os Projetos Sociais da SSVP, as ações do Departamento Missionário, investindo na vida, ajuda fraterna (JUMELAGE), entre outros”, ressalta Mário. 

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY