Gentileza gera Gentileza – inclusive no universo on-line

0
529

Responsabilidade afetiva é fundamental também na Internet

Hoje é o Dia da Gentileza, data que surgiu numa conferência realizada em Tóquio, em 1996, que reuniu grupos que propagavam este conceito mundo afora, e oficializada globalmente em 2000.

Nós, vicentinos, já estamos acostumados a abordar aqui o tema Caridade, uma virtude que nos conduz ao amor de Deus e ao nosso semelhante. Um forte chamado que nos guia, rumo à missão de ajudar principalmente os Pobres e necessitados.

Hoje, especialmente, falaremos de gentileza, pequenos gestos de amor e delicadeza, que podemos incluir em nosso dia a dia. De maneira mais específica, trataremos de uma questão bastante atual: as boas de convivência na Internet. É urgente disseminarmos pelo mundo o conceito de responsabilidade afetiva nesses tempos digitais, lembrando que, na prática, virtual e real se fundem.

Acontece que, com o advento e disseminação da Internet, a intimidação, disseminação de mensagens negativas, de ódio ou com objetivo de provocar bullying romperam fronteiras e conquistaram abrangências sem precedentes. Por trás do computador, indivíduos se sentem fortalecidos para publicar comentários grosseiros, enviar mensagens falsas, entre outras coisas.

Neste Dia da Gentileza, aproveitamos para lembrar, então, das necessidades de boas atitudes também on-line.

Como podemos contribuir com este cenário?

Tendo em mente que “gentileza gera gentileza”, a sugestão é nos unirmos em uma grande corrente, na qual cada ato gentil corresponde a um elo.

Em primeiro lugar, tendo responsabilidade pelo conteúdo que nós mesmo publicamos: respondendo a questionamentos de maneira educada e, ao publicar espontaneamente conteúdos, ter certeza de que não são ofensivos.

Na interação com terceiros, não apoiar o bullying virtual, que tira sarro de fraquezas alheiras, compartilha vídeos gravados sem autorização, dissemina conteúdos criados para envio privado.

Devemos, inicialmente, lembrar que por trás de um avatar (aquela figurinha ou foto com quem interagimos) existe uma pessoa de verdade!

Por fim, podemos aproveitar a data para conscientizar nossa rede de amigos e colegas a respeito dessas boas práticas: lembrá-los que é necessário ser gentil também on-line, que virtual e real caminham lado a lado e cuidar do próximo é fundamental!

Emília Zampieri, do DECOM

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY