Jovens da Região 3 fazem Missão em Itajaí/SC

0
1094
Missionários da 2ª fase da Missão em Itajaí

Jovens da Região 3 se reuniram no final de agosto para fazer Pré-missão e Missão na cidade de Itajaí, em Santa Catarina. O resultado da empreitada foi uma Conferência reativada e participação de cerca de 40 participantes do encontro de recrutamento.

A Pré-missão aconteceu nos dias 19 e 20 de agosto e reuniu 10 missionários do Conselho Central de Ponta Grossa/PR, do Central de Curitiba/PR e do Conselho Metropolitano de Curitiba e Porto Alegre/RS, além de vicentinos afastados de Itajaí. “Foram visitadas sete capelas, um grupo de jovens e uma divulgação muito intensa”, conta a coordenadora da Comissão de Jovens do CM de Curitiba e Porto Alegre Jenifer Souza Lima.

Já na segunda etapa da Missão, realizada nos dias 26 e 27 de agosto, participaram os CMs de Curitiba e Porto Alegre e Campo Grande/MS. “Fizemos diversas visitas a vicentinos afastados, no sábado. No domingo tivemos o ‘encontrão’ de recrutamento, que teve palestra do nosso Ex-presidente do CNB, Cristian Reis da Luz, que com o tema ‘A alegria de ser vicentino e sua caminhada dentro da SSVP, apresentou a Sociedade para os jovens e convidados e buscou encantar novamente os vicentinos afastados”, explica Jenifer.

E o resultado já veio logo após a Missão: a Conferência Santa Tereza de Calcutá foi reativada, após quase três anos sem atividades e já se reúne semanalmente, às segundas-feiras. “É de muita importância para a nossa comunidade a Conferência voltar aos trabalhos, pois nosso bairro está recebendo muitas pessoas de outros estados, com muitas necessidades”, conta a consócia Alessandra Schiavo Cordeiro.

Uma das pessoas que voltou às atividades vicentinas na Missão em Itajaí foi Fátima Tomio. “Fazia parte da SSVP há muito tempo atrás. Devido ao meu trabalho, não consegui mais acompanhar essa caminhada. Então, comecei a trabalhar na Ação Social fazendo entrega de sacolões às quintas-feiras à noite para famílias carentes cadastradas em nossa Paróquia São Vicente de Paulo. Fiquei muito feliz por ser convidada a participar da reativação dos vicentinos aqui em nossa Paróquia. Será de muita importância poder colaborar com o crescimento na fé desta caminhada e poder ajudar a fazer o bem sem olhar a quem”, define.

Depois de quase 3 anos, Conferência Santa Teresa de Calcutá voltou às atividades

Para os vicentinos que participaram da Missão, além da sensação de dever cumprido, o que fica é a gratidão pela experiência vivida nos dois finais de semana em Itajaí. “Fiquei muito feliz em participar e muito animado com as nossas visitas na primeira parte da Missão. Senti que vários confrades e consócias retornarão a nossa SSVP. Além disso, posso dizer que foi um dos melhores acolhimentos que recebi na minha vida, das pessoas que estavam afastadas. Da minha parte, a sensação é de muita gratidão”, fala Daniel Aguiar de França, participante da primeira parte da Missão e tesoureiro do Conselho Central de Ponta Grossa/PR.

Já o confrade, Miguel Ângelo dos Santos Ramos, 26 anos, membro da Comissão de Jovens do Conselho Metropolitano de Curitiba e Porto Alegre, esteve na segunda parte da missão a define como um momento de graça. “Como missionários, fomos constantemente surpreendidos pela boa vontade de Deus e de seu povo. Para mim, como vicentino que recém está dando seus primeiros passos chegando nessa bela família, foi uma oportunidade de aprender, crescer e fortalecer a esperança. Encontrarmos as pessoas que estavam à espera de um momento como aquele da missão para retomarem sua vocação vicentina. A Missão a Itajaí me ensinou que para dar certo, nem sempre é preciso grandes feitos, às vezes basta uma visita amiga e um olá bem intencionado”, conclui.

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY