Brasil brilha em evento católico em Chicago, Estados Unidos

0
1073

Duas experiências da SSVP do Brasil foram destaque: Rede de Afeto e Banho Solidário

Confrade Renato Lima de Oliveira

16º Presidente-geral Internacional

Participei, há algumas semanas, representando o Conselho Geral Internacional da Sociedade de São Vicente de Paulo, da Semana Mundial do Catolicismo 2023, evento realizado pela Universidade DePaul, na cidade de Chicago (EUA). A DePaul é mantida pela Congregação da Missão (padres vicentinos) e é uma das mais conceituadas instituições de ensino norte-americanas, fundada há 125 anos.

Confrade Renato Lima durante palestra no evento

Uma das atividades constantes na agenda de trabalho era um painel, em formato de pôsteres, preparado pelo próprios estudantes da DePaul, que cursavam diferentes faculdades, como Sociologia, Comunicação, Administração e Antropologia, entre outros. Qual foi a minha surpresa ao constatar que três dos 12 trabalhos técnicos apresentados tinham o Brasil como tema central ou foram inspirados no nosso país?

O aluno Daniel Lopez apresentou o pôster intitulado “Irmã Dorothy Stang: a protetora da Amazônia”, retratando a história de vida dessa religiosa norte-americana (naturalizada brasileira) que pertencia à Congregação das Irmãs de Nossa Senhora de Namur, assassinada no Pará durante um conflito por disputa de território entre fazendeiros e sem-terra. A Irmã Dorothy Mae Stang (1931-2005) se notabilizou ao criar projetos sociais de desenvolvimento sustentável, visando oferecer uma solução pacífica sobre a questão fundiária no Brasil.

Aluno Daniel Lopez

Já a aluna Serena Stern aprofundou-se na biografia de Dom Hélder Câmara (1909-1999), arcebispo emérito de Olinda e Recife, defensor dos pobres e da não-violência. É dele o projeto de criação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Ele também fundou a “Cruzada São Sebastião”, a “Ação Católica Brasileira” e o “Banco da Providência” para atender aos mais necessitados. Dom Hélder escreveu 23 livros e liderou um movimento nacional contra a fome, ao lançar a Campanha “Ano 2000 Sem Miséria”. Atualmente, Dom Hélder Câmara está em processo de beatificação, já sendo declarado pelo Vaticano como “venerável”.

Por fim, a estudante Emily Santos destacou a atuação do Instituto Global dos Sem-Teto, entidade internacional que atua para reduzir o número de sem-teto pelo mundo. O pôster de Emily focou sobre as ações do referido Instituto no Brasil, apresentando as experiências bem-sucedidas no Paraná, Minas Gerais e São Paulo, além de outras iniciativas pelo país, muitas delas em parceria com a Família Vicentina. Estima-se que 300 mil brasileiros estejam na condição de sem-teto, como morador de rua ou situação similar. O trabalho buscou mostrar que a intervenção do Instituto vem mudando efetivamente a vida das pessoas.

Os outros pôsteres dos alunos versaram sobre o combate à Aids na África, a pobreza na América Latina, a questão dos migrantes equatorianos, o papel da mulher, a história da Virgem de Guadalupe, o exemplo de vida de Santo Oscar Romero na defesa dos cristãos de El Salvador, entre outros. Em todos os temas, havia forte conexão com a Doutrina Social da Igreja e com as virtudes vicentinas.

Além desse excelente painel organizado pelos estudantes universitários da DePaul, eu mesmo, durante a minha apresentação (anexa), apresentei 12 iniciativas empreendidas pelas Conferências vicentinas pelo mundo todo, citando duas experiências da SSVP brasileira que merecem todo o nosso aplauso: a “Rede de Afeto” e o “Banho Solidário” (páginas 15 e 16). Portanto, o Brasil teve grande protagonismo na Semana Mundial do Catolicismo 2023.

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY