Idosos confeccionam acessórios de inverno para moradores de Lar da SSVP

0
775
D. Elizabeth, de 92 anos, é uma das voluntárias

D. Assumpção de Maria Costa Xavier tem 84 anos. Para ela, “o coração alegre é um bom remédio”. Ao contrário dos cerca de 34 mil idosos que moram em Lares administrados pela Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) no Brasil, D. Assumpção tem a própria casa e uma família para ajudá-la. Em solidariedade aos idosos que não gozam dos mesmos privilégios que ela, decidiu usar o tempo ocioso da quarentena para fazer algo útil. Junto com um grupo de voluntários em Belo Horizonte (MG), confecciona cachecóis, meias e toucas para os moradores do Abrigo Frei Otto.

São cerca de 30 pessoas envolvidas. Todas integrantes do Grupo de Convivência Tarde + Feliz, uma iniciativa que reúne idosos de classe média semanalmente para uma tarde de entretenimento. Nesses encontros, eles têm atividades diversificadas, entre elas, oficinas de artesanato.

Como os membros estão no grupo de risco para a Covid-19, e em cumprimento às medidas de isolamento social, os encontros semanais estão suspensos. Era necessário encontrar algo para preencher o tempo dos idosos em casa. A idealizadoras Dell’Aretti Jardim, Silvana Magalhães e Eliza Queiroga propuseram que os participantes confeccionassem os acessórios de inverno. As assessorias na produção das peças em tricô acontecem de forma on-line.

Estão sendo produzidas uma média de 50 peças que serão higienizadas e encaminhadas ao Abrigo nos próximos dias.

Grupo de Convivência Tarde + Feliz

A artesã Silvana Magalhães conta que quando os idosos do projeto souberam que confeccionariam os assessórios de inverno para os idosos institucionalizados (que moram no Lar da SSVP), ficaram muito animados. “Tudo está sendo feito com muito amor. Eles estão muito felizes em poder ajudar. Temos vovós de 94 anos fazendo tricô. É muito bom poder oferecer aos idosos do Abrigo a oportunidade de receberem peças novas, feitas com todo o carinho do mundo para eles”.

Fonte: Redação do SSVPBRASIL   

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY