Ex-assistido se torna vendedor ambulante e alcança a promoção

0
1749

Em frente à Paróquia de São José Operário ou na feira livre de Samambaia Norte, Brasília (DF), era possível comprar cachorro-quente e churrasquinho. Adquirindo um dos produtos, o consumidor contribuía na melhoria de vida de um ex-assistido pela Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP). Ele estava desempregado e se tornou vendedor ambulante graças ao apoio dos vicentinos, que o inscreveram nos Projetos Sociais do Conselho Nacional do Brasil (CNB), e compraram com o dinheiro liberado um carrinho para a venda dos alimentos.

O Projeto Social é da Conferência São José Operário, do Conselho Central Nossa Senhora do Carmo.

O ex-assistido chegou até os vicentinos quando ficou viúvo. Desempregado e com quatro filhos para criar, ele pedia comida para matar a fome das crianças. Só que conseguiu bem mais que isso. “A cesta foi uma doação emergencial, mas nós, vicentinos, temos que fazer além. É nossa obrigação lutar para que os Pobres tenham dignidade e meios de promoção social”, defende o confrade Genival.

Os confrades e consócias de Samambaia Norte perceberam que ele tinha aptidão para a venda de cachorro-quente e churrasco. Inscreveram a iniciativa nos Projetos Sociais e conseguiram cerca de R$2 mil para a montagem do negócio.

O pai de família começou a vender cachorro-quente e churrasquinho e foi promovido. Ele contou com o apoio do padre Luiz Gonzaga, que cedeu espaço em frente à Igreja de São José Operário, para que ele comercializasse os lanches após as Santas Missas.

O pequeno negócio foi a principal fonte de renda da família por um bom tempo, até que o patriarca conseguiu emprego formal e com carteira assinada.

Agora, os equipamentos adquiridos serão destinados a outros assistidos pela SSVP, para que tenham as mesmas chances da família anteriormente promovida

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY