SSVP Brasil celebra Nossa Senhora das Graças, padroeira da Região 3

0
6900

Hoje, 27 de novembro, a SSSVP Brasil celebra o Dia de Nossa Senhora das Graças, padroeira da Região 3. A data marca não apenas a devoção à santa, mas também a história de suas aparições e a estreita relação com a Medalha Milagrosa. 

 História de Nossa Senhora das Graças

A devoção a Nossa Senhora das Graças iniciou em 1830, quando a Virgem Maria apareceu à freira Santa Catarina Labouré, no convento das Filhas da Caridade, em Paris, França. Foram três aparições, sendo a segunda delas em 27 de novembro de 1830, marcando o início da devoção à santa neste dia. A imagem da Virgem, vestida de seda branca e segurando a Medalha Milagrosa, tornou-se símbolo da devoção e proteção.

A última aparição de Nossa Senhora das Graças instruiu a cunhagem de medalhas, que ficaram conhecidas como a Medalha Milagrosa. A devoção e a disseminação das medalhas aconteceram conforme as visões concedidas a Santa Catarina. Com a aprovação eclesiástica, as medalhas foram distribuídas pelo mundo, e os milagres prometidos pela Virgem Maria foram testemunhados por aqueles que as usaram devotamente.

De Santa a Padroeira da Região 3

Em 1991, a Comissão Nacional de Jovens (CNJ) implementou uma estratégia de divisão por regiões para melhorar o trabalho ao nível nacional. Inspirados por essa ideia, o Conselho Nacional do Brasil (CNB) adotou a prática em todo o Brasil, dedicando a cada Região uma santa padroeira. Na Região 3, composta pelos Conselhos Metropolitanos de Bauru, Cambé, Campo Grande, Curitiba, Porto Alegre e Maringá, a devoção a Nossa Senhora das Graças é profunda, tornando-a a padroeira desta região.

Live em homenagem a Nossa Senhora das Graças

Para homenagear a santa, a Região 3 realizará uma live hoje, 27 de novembro, às 20h, no Youtube do CNB, divulgando a devoção à santa e a oração do Terço. A Vice-Presidente da região, Fabiana Aparecida Goulart Gonçalves de Oliveira, destaca o compromisso da equipe regional em intensificar essa devoção na região.

“Somos muito felizes por termos uma padroeira tão poderosa e ainda mais porque sua aparição e devoção deu-se por meio da família vicentina, na Congregação das Filhas da Caridade. Temos conseguido muitas graças através dessa devoção. O objetivo da equipe regional é intensificar essa devoção na Região.”, comenta a consócia. 

Neste Dia de Nossa Senhora das Graças, a Região 3 renova seu compromisso com a devoção à padroeira e busca fortalecer os laços espirituais que unem seus membros. Que a Virgem Maria das Graças continue a abençoar e proteger a todos os fiéis da região.

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY