Consócia recupera movimento da perna diante da relíquia de Ozanam

0
2432
A relíquia está neste mês em peregrinação pelo CM Campo Grande

Fatos extraordinários marcam a peregrinação da relíquia do Bem-aventurado Antônio Frederico Ozanam pelo Conselho Metropolitano de Campo Grande. O confrade Reinaldo Antônio Martins, presidente da Unidade Vicentina, relata a experiência de fé vivida por uma consócia afastada da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) por motivo de doença:

“Ela vive hoje acamada, e a perna direita estava enrijecida há anos. Quando a relíquia chegou à casa dela, misteriosamente, a consócia começou a mexer a perna”, conta, emocionado, Reinaldo.

Mais um caso surpreendente foi presenciado em Campo Grande. O Alzheimer comprometeu toda a memória de um vicentino muito atuante na cidade. Ao receber a relíquia, ele voltou a conversar como se não tivesse a doença, e se lembrando de todos. Quando a relíquia deixou o imóvel, o confrade perdeu novamente a memória.

PEREGRINAÇÃO

A relíquia do Bem-aventurado Antônio Frederico Ozanam percorre o país. Antes de chegar ao CM Campo Grande, ela estava no CM Curitiba. O próximo destino será o Metropolitano de Maringá.

Ela chegou a Campo Grande no dia 1º de dezembro, quando foi recebida na sede da Unidade Vicentina por um grupo de 80 associados. Houve a celebração da Santa Missa.

A relíquia já visitou os Centrais de Campo Grande, Presidente Prudente, Araçatuba, e está hoje (17) em Dracena. Peregrinará ainda pelos Centrais de Nova Andradina e Dourados.

VISITAS A DOENTES

No CM Campo Grande, as lideranças vicentinas têm priorizado levar a relíquia até os doentes da comunidade. Ela foi inclusive acolhida no Seminário onde moram padres com a saúde debilitada. “A gente percebia na fisionomia deles a emoção no olhar”, descreve confrade Reinaldo ao se referir aos visitados.

Também tem ido a Celebrações ao lado das pessoas que Ozanam mais amou: os Pobres, assistidos da SSVP.

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY