Balanço de 2022: 34 Projetos Sociais contemplados

0
1354

O Conselho Nacional do Brasil (CNB) divulgou os números referentes aos Projetos Sociais em 2022. No ano passado, foram investidos quase R$ 250 mil, beneficiando 34 projetos inscritos por Conferências de todo o país. Os Projetos Sociais visam promover e incentivar a promoção humana das famílias assistidas, com prioridade na geração de renda e na respectiva mudança de estrutura dos contemplados. Já para o “Todos Somos Um”, que ajuda as Obras Unidas em pequenos trabalhos e melhorias, foram mais R$ 350,5 mil para 117 Obras. Nos dois projetos, o CNB investiu em 2022 um valor total de R$ 599.348,50.

“Foram enviados vários projetos, projetos muito interessantes para a mudança de estrutura de nossas famílias assistidas, outros que visam atender o coletivo, como por exemplo, a inclusão digital. Também tivemos o Todos Somos Um, que visa ajudar nossas Obras em pequenos trabalhos em prol de nossos assistidos que lá estão residindo. Foram centenas de projetos, muito importantes para o bom atendimento de nossos idosos”, explica o 4º Vice-presidente do CNB, Mário Lucas de Brito Junior.

Dentro dos Projetos Sociais, o confrade Mário conta que foram selecionados nos mais diferentes segmentos, como culinária, beleza, artesanato, agricultura, reciclagem, informática e moda, nos estados do Paraná, Minas Gerais, São Paulo, Pernambuco, Ceará, Pará e Goiás. “É muito importante ver que essa ajuda e oportunidade estão chegando a vários locais do nosso país para que os nossos assistidos possam realmente ter uma mudança efetiva de vida, escolhida por eles e se baseando em suas habilidades e desejos. Só com essa mudança estrutural nas famílias é que poderemos cumprir realmente o trabalho vicentino e realmente iniciar a retirada dessas famílias da pobreza, dando-lhes mais oportunidade e dignidade”, explica.

Já o “Todos Somos Um” levou melhorias às Obras de Minas Gerais, São Paulo, Distrito Federal, Bahia, Paraná, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo e Ceará.

“Em 2022 continuamos os trabalhos da gestão anterior, apesar da renovação da equipe de Projetos na gestão do Presidente Márcio. Infelizmente poucos Projetos Sociais foram apresentados, até por causa da pandemia e da reorganização das Conferências no período pós-pandêmico. Mas os trabalhos contemplados, com certeza, já estão fazendo a diferença. As nossas Obras foram bastante assistidas durante a pandemia e pouco mais de 30% se inscreveram no Todos Somos Um”, avalia.

O Presidente do CNB, Mário José da Silva, explica que o dinheiro para esse investimento é proveniente da Contribuição da Solidariedade, doação dos vicentinos realizada no primeiro trimestre do ano passado, da décima e da ducentésima e meia. “Cada centavo que nós vicentinos doamos é aplicado em prol de nossos Mestres e Senhores, seja através do Projeto Social e do Todos Somos Um, seja através da Missão, que luta diariamente para buscar e resgatar novos membros para as fileiras vicentinas, assim podendo a SSVP atender cada vez mais e melhor. Só temos que agradecer a cada vicentino, que fez sua doação, independente do valor. Com cada um doando um pouco, juntos faremos a diferença na vida daqueles que mais precisam”, afirma.

O Presidente ainda lembra que neste ano, 2023, o investimento será de mais de R$ 2,5 milhões para projetos que atendam as famílias assistidas e as pessoas em situação de vulnerabilidade. Além do lançamento dos Projetos 13 Casas e Investindo na Vida, os Projetos Sociais, o Todos Somos Um e o Banho Solidário terão aumento de investimento neste ano para que mais pessoas possam ser beneficiadas. As verbas para os Projetos Sociais e Todos Somos Um, em 2023, será de R$ 350 mil cada.

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY