Carta do soberano pontífice aos Membros da SSVP no ano de 1920 pós-guerra e Pandemia

0
880

PARTE II

Continuando o trabalho de pesquisa, encontro no Boletim Brasileiro de 1920, uma carta do Santo Papa Bento XV direcionada aos Membros da SSVP num ano difícil e com grandes desafios que foram superados e que fortaleceram ainda mais a SSVP. Espelhando no passado e projetando o futuro, nos deparamos com a realidade atual frente a Pandemia do Corona Vírus, do qual tem feito tantas vítimas, mas que possamos lembrar que nossa SSVP foi marcada por corajosos vicentinos que se doaram ao serviço dos mais Pobres e que a proteção da Santa Igreja e de nosso Senhor Jesus Cristo estará sempre presente em nossas atividades.

 “caro filho, saudar e bênção Apostólica.

Foi com vivíssima satisfação que nós recebemos a homenagem dos sentimentos de fidelidade e dos votos de piedade que nos dirigisse, em uniam com os membros do conselho geral da SSVP por ocasião do começo do ano. E antes de tudo o nosso coração se rejubilou ao saber que logo em seguida as terríveis provações da guerra e malgrado aos sofrimentos atuais cujo contragolpe forçadamente atingiu as vossas obras, essa vossa sociedade pode, nos correr do ano de 1919 realizar novos progressos.

Assim foi que tivesses a consolação de ver vossas conferências tomarem sensível desenvolvimento nos Estados Unidos, na Colômbia, no Brasil principalmente, na Bélgica onde, apesar das dificuldades dos acontecimentos nossa sociedade não cessou de progredir em suas obras, esforçando-se por aliviar na mais larga escala possível, a série de males deste ano doloroso na presença das necessidades atuais, mais vastas e prementes das regiões que mais sofreram com a guerra e no intento de nelas restabelecer vossas conferências, oportunamente ao sofrimento de caridade fraternal que unem todos os membros da vossa sociedade. E o divino mestre suscitou nas almas o novo surto de caridade que vos trouxe, de todas as partes do mundo e notadamente da generosa América, ofertas proporcionadas á imensidade das necessidade. Tão preciosos socorros vos permitiram acudir as regiões desgastada da França, as conferências da Bélgica, do Veneto, da Polônia, do Oriente e recentemente da Áustria. Maravilhoso efeito da caridade de Jesus Cristo abraçando nos laços de um mesmo amor sofrem ainda aqueles que eram considerados inimigos. A sociedade de São Vicente de Paulo soube sabiamente compreender e melhor ainda pôr em prática, levando hoje amanhã sua cota de socorro, ainda há poucos inimigos, mas todos em extrema necessidade de auxílio e apoio.

Esperando-se, em suma, no pensamento do seu fundador e nos ensinamentos da Santa Sé, a sociedade de São Vicente de Paulo, juntamente preocupada com as necessidades da presente hora exigiu também sua solicitude para as obras sociais, pela criação de secretariados de patronados e pela dos seus confrades nas organizações de assistência que a guerra suscitou. Com que satisfaçam nós soubemos que a vossa as conferências pedistes o seu precioso concurso a fim de auxiliar o regimento religioso e moral das famílias o desenvolvimento e meias delas do espírito de fé e piedade a segurança da educação cristã das infância e acudindo os apelos dos bispos o registro dos confrades entre os catequistas voluntários a fim de entender em sua ação por toda a parte onde houver sofrimento a aliviar, onde houver algum bem a fazer .

o labor é imenso contudo nós sabemos que o vosso devotamento e o vossos colaboradores é igual a tarefa. No coração adorável do nosso divino Salvador iremos buscar os segredos desta força que sustenta em meio das dificuldades zelo que anima, dessa caridade que inflama no exercício de um apostolado fecundo pelo alívio das misérias corporais e espirituais para o bem dos indivíduos e da sociedade depois sentimo-nos felizes ao dirigir-vos e aos vossos colaboradores nossas vivas felicitações pelo zelo incansável que desenvolvemos no cumprimento da vossa missão, e exortamos vos aqui pro sigais valentemente na vossa tarefa, nós vos concedemos de todo o coração, como testemunho da nossa paterna benevolência e como penhor dos mais abundantes favores divinos, a voz caro filho e aos membros do conselho geral da sociedade São Vicente Paulo a bênção Apostólica.”

 Roma datado do Vaticano aos 25/01/1920 -Papa Bento XV.

Samuel Godoy da Silva – DECOM CNB

FONTE: BOLETIM BRASILEIRO da SSVP n° 1,2 e 3 – Janeiro, Fevereiro e Março – 1920

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY