União Mundial de Organizações Femininas Católicas faz evento Ecumênico e inter-religioso para celebrar o Dia Internacional da Mulher

0
615

A União Mundial de Organizações Femininas Católicas (UMOFC/WUCWO) promoverá no próximo dia 4 de março, das 11 às 13h,  o seminário online “Mulheres, crise e resiliência”, em celebração ao Dia Internacional da Mulher.  

Mulheres e homens, de diferentes continentes, culturas e religiões, vão participar do evento que contará com a mediação do Cardeal Miguel Ángel Ayuso Guixot, presidente do Pontifício Conselho para o Diálogo Inter-religioso (PCDI), de mulheres líderes de comunidades religiosas, como muçulmana, hindu, budista, judaica, ecumênica e católica, além de embaixadores credenciados junto à Santa Sé. A tradução em português será realizada através da colaboração da confraternidade de tradutores da Família Vicentina (FAMVIN).

O evento ecumênico e inter-religioso tem colaboração com o PCDI e o patrocínio das Embaixadas na Santa Sé da Argentina, Austrália, Colômbia, Irlanda e Países Baixos.

O objetivo principal é reagir, como mulheres e homens de fé, ante a “consciência humana anestesiada” (Fratelli tutti 275), no que diz respeito tanto aos sofrimentos e discriminações que as mulheres padecem como à capacidade criadora e renovadora que mostraram na crise atual, com uma destacada resiliência.

A iniciativa, por sua natureza inter-religiosa, o evento permitirá contribuir para a construção de um mundo mais inclusivo e justo, a partir de diferentes olhares, através dos diversos depósitos de sabedoria e valores religiosos. Ele tem como base os documentos da Fraternidade Humana pela Paz Mundial e a Convivência Comum (2019) e Fratelli Tutti (2020), objeto das celebrações deste Dia Internacional nos últimos anos.

Em relação ao tema escolhido este ano para celebrar o Dia Internacional da Mulher, Caroline Weijers, embaixadora dos Países Baixos junto à Santa Sé, afirma que: “o secretário-geral da ONU, Guterres, qualificou a pandemia como ‘crise com rosto de mulher’. E efetivamente: como sempre, as mulheres estiveram na linha de frente. Sua força e resiliência são essenciais para enfrentar os desafios”.

A presidente geral da UMOFC, María Lía Zervino, explica: “Esta celebração pretende dar visibilidade e expressar solidariedade com as mulheres das diversas religiões, culturas e regiões do planeta, seguindo um processo de escuta, diálogo e difusão das experiências de mulheres que, aos olhos de muitos, parecem invisíveis. Deste modo, se propõe a promover uma ação comum e transformadora, própria da amizade social e da fraternidade humana”.

Para acompanhar o seminário online, com tradução simultânea para inglês, espanhol, francês, italiano e português, é preciso inscrever-se previamente. Clique aqui para fazer a inscrição: https://us02web.zoom.us/webinar/register/WN_kdolaTQTQwCfAU6bkVDh1g

Confira abaixo a programação completa:

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY