Peregrinação da Relíquia de Ozanam é retomada

0
639

O mês de setembro é extremamente festivo para a SSVP. Temos a comemoração de Frederico Ozanam e de São Vicente de Paulo. Mas, em 2022, mais um fato se soma às comemorações: depois de dois anos, foi retomada a peregrinação da Imagem do Bem-Aventurado Antônio Frederico Ozanam e sua Relíquia. O retorno foi pelo estado do Rio de Janeiro.

A imagem e a relíquia chegaram ao Rio de Janeiro durante o evento “Caridade no Ar”, quando foram entregues pelo confrade Rogério Torres Carpanez, membro da diretoria do Conselho Nacional do Brasil. Desde a interrupção da peregrinação, a relíquia estava na sede do CNB no Rio de Janeiro. 

Durante todo o mês de setembro, a peregrinação acontecerá pelas unidades do Rio de Janeiro. Em outubro as imagens vão para Barbacena/MG, em novembro, para Outro Preto/MG e encerram o ano, em dezembro, em Governador Valadares/MG.  Para o primeiro semestre de 2023, a programação da peregrinação segue em Minas Gerais: Caratinga (janeiro), Belo Horizonte (fevereiro), Diamantina (março), Montes Claros (abril), Divinópolis (maio), Contagem (junho) e Formiga (julho). 

“A peregrinação da imagem foi iniciada em março de 2018. Mas, infelizmente, devido à pandemia, foi interrompida em março de 2020. A peregrinação das imagens é uma grande oportunidade para os vicentinos, pois o Bem-Aventurado Antônio Frederico Ozanam nos inspira uma vida de fé e amor ao próximo. Na certeza de que nossos intercessores estão olhando por nós, rogamos as bênçãos do Beato Ozanam, São Vicente de Paulo e os santos da Família Vicentina para esse momento de avivamento nosso carisma vicentino”, conclama a consócia Elizabete Maria Castro, a Bete, 1ª Vice-presidente do CNB.

A relíquia

A relíquia consiste em um pedaço de linho na cor creme, que o bem-aventurado usava quando foi enterrado. O tecido era parte de um manto colocado para envolver o corpo, segundo um ritual típico dos franciscanos, porque Ozanam também participava da Ordem Terceira Franciscana.

Em 1929, quando houve a exumação do corpo, a família do principal fundador da SSVP autorizou que o Conselho Geral Internacional retirasse uma parte do linho para transformá-lo em pequenas relíquias. Uma delas foi doada ao CNB pelo confrade Renato Lima de Oliveira, 16º Presidente-geral Internacional, em nome do Conselho Geral Internacional, por ocasião da posse do confrade Cristian Reis da Luz e sua Diretoria, em setembro de 2017.

A relíquia foi afixada em uma imagem de cerâmica que retrata Ozanam. A estatueta é envolta a uma cúpula de vidro. O objeto constitui uma forma de manter sempre viva a memória do principal fundador e torna-se também um item de veneração.

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY