Ajuda internacional da SSVP chegou à Venezuela

0
427
Crédito da Imagem: Divulgação SSVP Global

A Covid-19 está complicando a situação em um país empobrecido, com falta de suprimentos, roupas e alimentos. Um contexto em que os vicentinos, também atingidos pela pobreza, procuram ajudar os mais vulneráveis.

Com os recursos emergenciais vindos da SSVP Internacional, os membros vicentinos venezuelanos forneceram materiais sanitários, de higiene e higiene pessoal para todos os conselhos e conferências da região, bem como alimentos e remédios para muitas pessoas necessitadas, incluindo alguns membros vicentinos, que devido à sua renda reduzida, não conseguem comprar o que é necessário para manter sua saúde e manter suas famílias.

A situação na Venezuela continua muito crítica, agora agravada pela pandemia de Covid-19. O salário-mínimo é de $ 1,50 e, dependendo da conversão, pode até ficar abaixo desse valor. A maioria dos aposentados tem essa renda mínima, assim como muitos de nossos membros.

Os problemas na Venezuela são inúmeros. A água não chega regularmente às casas, o gás também não, e muitas famílias cozinham com fogão à lenha. A eletricidade falha diariamente, e algumas regiões passam até 12 horas sem energia. As comunicações por telefone e internet são problemáticas e agora, há ainda falhas no abastecimento de gasolina. E, em 2020, surgiu a pandemia.

Os próprios membros das conferências vicentinas foram afetados por esta situação. Com a pandemia, tudo parou e durante o isolamento social muitos perderam o emprego, os jovens estudantes viram a incerteza no futuro e não sabiam o que fazer.

Diante desse cenário, o Conselho Nacional faz um grande esforço para se manter em comunicação constante com os conselhos da área e com as conferências do país, mas uma das maiores dificuldades em continuar a ajudar é que não possui uma conta bancária em dólares. Muitos membros têm parentes no exterior que gostariam de contribuir com recursos para apoiar as Conferências na Venezuela, mas não podem enviar o dinheiro. Os parceiros venezuelanos estão unidos com conferências em Weston Miami, que enviaram roupas e alimentos. Mas isso está paralisado devido às sanções impostas ao governo venezuelano, então alternativas ainda estão sendo buscadas para obter apoios que ajudem a enfrentar este momento crítico.

Essa matéria faz parte de uma série de textos sobre a ação da SSVP em todo o mundo, para enfrentamento da pandemia.

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY