Divulgue o coração azul em repúdio ao tráfico humano

0
1940

Estima-se que um terço das vítimas do tráfico no mundo são crianças, segundo o Relatório Global sobre o Tráfico de Pessoas 2016. O documento aponta ainda que mulheres e meninas correspondem a 71% das vítimas, traficadas na maioria das vezes com o propósito de exploração sexual, trabalho escravo e casamento forçado ou fraudulento.

A Família Vicentina (FV) pede que os membros, inclusive os confrades e consócias da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP), se mostrem contrários ao tráfico humano. Em qualquer situação associada ao crime, denuncie ao telefone 100.

A FV faz ainda a campanha 20 mil corações, incentivando que os vicentinos publiquem um coração azul em sua linha do tempo no Facebook e Instagram.

A seguir, um texto explicativo feito pela consócia Ada Ferreira, representante da SSVP no Conselho Nacional da Família Vicentina.

30 de julho – Dia Mundial do Tráfico de Pessoas 💙

Estamos nos aproximando do dia 30 de julho, e queremos somar mãos e corações à luta contra o tráfico de pessoas. Todos nós podemos ser ‘Defensores de Vidas’.

“O tráfico humano é a escravidão dos tempos modernos”; considerando que nem toda escravidão é tráfico humano, mas que todo tráfico humano está diretamente ligado à escravidão.

No ano de 2015, o Papa Francisco fez uma declaração suplicando que todas as pessoas do mundo se unissem contra esse desafio: combater o tráfico de pessoas! Já existe uma lei nacional e internacional que atenua o problema, mas ele ainda atinge milhares de pessoas.

Em sintonia com o clamor do Papa, a Família Vicentina latino-americana, por ocasião do 8º Encontro da FAVILA realizado em Cochabamba/Bolívia, em março de 2018, que teve como tema central: “Família Vicentina respondamos com Deus ao clamor da Vida”, nós assumimos como um dos compromissos ser ‘Família Vicentina samaritana, profética em favor da Vida’. Recentemente, o Padre Tomaz Mavric – Superior Geral da Congregação da Missão – gravou uma mensagem motivando a cada um de nós, membros da Família Vicentina, a lutar contra o tráfico de pessoas: ‘campanha 20.000 corações contra o tráfico humano’!

Vários países têm buscado formas de incluir a sociedade civil nesta causa. Um dos meios de denúncia no Brasil é discando 100 – que contacta os Direitos Humanos e serve tanto para esse crime como para os outros que atingem o direito à vida.

Vamos espalhar o coração azul nas redes sociais e abraçar também pessoalmente a campanha! #Defensoresdevidas

 

FAVIBRA – Conselho Nacional da Família Vicentina no Brasil

 

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY