Orientações para os próximos dias sobre o novo Coronavírus

0
14657

A contenção ao novo Coronavírus no país requer medidas imediatas de todos, e a Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) também entra nesta luta. Cuidar da saúde e, consequentemente da vida humana, é o mais belo gesto de amor/caridade praticado ao próximo. O enfrentamento da proliferação da doença será feito na instituição com base nas 13 medidas a seguir, definidas pelo Conselho Nacional do Brasil (CNB).

É importante ressaltar que elas foram pautadas nas recomendações da Organização Mundial de Saúde.  

  1. Por enquanto, todos os eventos do Conselho Nacional do Brasil estão suspensos até o dia 15 de abril
  2. Para o correto funcionamento das Conferências e Conselhos, as lideranças locais da SSVP deverão se atentar às recomendações locais de Saúde, Sanitárias e das Dioceses
  3. As visitas não devem ser suspensas, afinal, os Pobres precisam das doações dos vicentinos. Recomenda-se que elas sejam feitas pelos associados mais jovens, já que os de mais idade estão no grupo de risco para os efeitos mais nocivos da doença. Ao chegarem às casas das famílias assistidas, os confrades e consócias devem evitar o contato, seja por meio do abraço ou aperto de mãos
  4. As entregas de cestas nos dispensários estão PROIBIDAS, impedindo assim aglomerações. Os vicentinos devem pegar a cesta e levá-la até o assistido
  5. Todo associado tem o dever de explicar sobre o Covid-19 a todos os assistidos, para que eles também se protejam da doença
  6. Os Conselhos deverão providenciar álcool em gel para a higienização das mãos por parte dos vicentinos em todas as reuniões da SSVP, inclusive, nas de Conferências
  7. O rito da Coleta nas reuniões deverá ser sucedido pela higienização das mãos com álcool em gel
  8. Nas Conferências, os membros devem evitar abraço e aperto de mãos
  9. Cabe aos Conselhos Metropolitanos do país avaliarem a suspensão ou não das atividades agendadas, desde que a decisão seja fundamentada nas recomendações das autoridades locais. O CNB pede que eventos com aglomerações de pessoas sejam evitados
  10. Os Conselhos Metropolitanos que mantiverem as formações e demais encontros precisam disponibilizar álcool em gel aos participantes
  11. As atividades na sede do CNB serão de 10 às 16h, com sistema de revezamento
  12. Quem apresentar sintomas de resfriado ou gripe não deve participar de nenhuma atividade vicentina, seja reuniões, formações ou visitas às famílias assistidas
  13. Os cuidados nas Obras Unidas, em especial nos Lares de Idosos, devem ser redobrados. A decisão de proibir ou não a visitação nos próximos dias cabe às lideranças locais, com base nas recomendações sanitárias de cada cidade

Este plano de ação deve chegar ao conhecimento de todos os confrades e consócias brasileiros. Pedimos seu empenho em compartilhar o material. A informação é ainda o meio mais eficiente para vencer esta batalha.

As medidas adotadas têm o caráter preventivo, no entanto, não as utilizem para criar o pânico coletivo. Dizia Ozanam: “O dever primordial dos cristãos é o de não se deixarem invadir pelo terror, e o segundo, de não aterrorizarem os outros”. Neste momento, precisamos de muitas medidas de higiene, seguir todas as recomendações e, acima de tudo, de CAUTELA.

Contamos com sua ajuda!

Diretoria do Conselho Nacional do Brasil da SSVP

Rio de Janeiro, 16 de março de 2020

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY