Ofício da costura é ensinado em Projeto Social

0
1126

Um dos Projetos Sociais financiados pelo Conselho Nacional do Brasil da Sociedade de São Vicente de Paulo (CNB/SSVP) preserva uma arte antiga, cuja origem é incerta, o ofício de costurar.

Há 4 anos, vicentinos do Conselho Central de Formosa (GO) criaram um Projeto Social para ensinar mulheres em situação de pobreza a confeccionarem roupas. O Conselho Nacional forneceu o dinheiro para a compra das máquinas e a comunidade da SSVP se envolveu com a iniciativa, ajudando na sustentabilidade dele por meio de doações.

Cada turma tem em média 15 alunas. O curso dura cerca de 6 meses. Após concluído, as costureiras estão aptas ao trabalho. “Temos casos, inclusive de uma ex-aluna, que montou um ateliê e hoje faz roupas de festas”, conta toda orgulhosa Laís Rodrigues do Nascimento, que coordena a iniciativa.

Já se formaram cerca de 90 costureiras. As aulas são ministradas de segunda a quinta em um imóvel do Conselho Central.

Além de ensinar às mulheres uma profissão, o projeto também beneficia a própria Sociedade de São Vicente de Paulo. É que elas confeccionam camisas para eventos vicentinos, e uniformes para o Lar de Idosos que pertence à SSVP.

As aulas são ministradas por uma professora contratada pelo Conselho Central.

Laís relata que o projeto vai bem além de ensinar uma profissão às mulheres. “A gente percebe o brilho nos olhos delas pela satisfação ao aprenderem a costurar. Muitas dizem que sonhavam com o curso, mas não tinham condições de pagá-lo”.

Os projetos de expansão da iniciativa estão a todo vapor para 2020. Segundo a coordenadora, a expectativa é produzir pijamas para a venda. Todo o dinheiro será usado para manter o curso, que é denominado Costurando para a vida.

 

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY