Documentos do segundo suposto milagre do Bem-aventurado Ozanam são entregues ao Vaticano

0
1228
PGI Renato Lima de Oliveira, Arcebispo Marcello Bartolucci, P. Giuseppe Guerra C.M.

O Presidente-geral levou, do Brasil, a documentação que será anexada ao processo

O dia 6 de outubro de 2020 ficará marcado na história da nossa amada Sociedade de São Vicente de Paulo. Foi nesta data, em Roma, que o 16º Presidente-geral, confrade Renato Lima de Oliveira, em plena pandemia, fez a entrega solene à Congregação para a Causa dos Santos dos documentos relativos a um presumível novo milagre, atribuído ao Bem-aventurado Antônio-Frederico Ozanam, referente a uma cura extraordinária. O confrade Renato estava acompanhado do padre Giuseppe Guerra, sacerdote vicentino da Congregação da Missão (CM) e postulador da causa em Roma. 

O secretário da Congregação, Arcebispo Marcello Bartolucci, recebeu com alegria todos os documentos, totalizando 900 páginas e 12 quilos de papéis, devidamente selados e lacrados, contendo exames médicos, laudos periciais, testemunhos, relatos técnicos e outros documentos preparados pelo Tribunal Eclesiástico de Mariana (Brasil), arquidiocese onde teria acontecido o suposto milagre. A partir de agora, a Congregação dos Santos iniciará as próximas etapas, que prevê a análise de novos médicos e de especialistas do Vaticano.

PGI Renato Lima de Oliveira

“Mais do que nunca, precisamos intensificar as orações que elevamos ao Bom Deus, individual e coletivamente, rogando ao Senhor pela rápida canonização do Bem-aventurado Antônio-Frederico Ozanam. A hora é agora de promovermos horas-santas, santas missas especiais, jejuns, eventos de espiritualidade, encontros paroquiais, reflexões no âmbito das Conferências e Conselhos, enfim, tudo o que for possível para engrandecer ainda mais o nome de Ozanam perante a Santa Igreja. Contudo, devemos fazer ainda mais: precisamos nos tornar verdadeiros devotos de Ozanam, pois só assim será possível alcançar a santidade”, defendeu o nosso Presidente Renato.

Segundo o padre Giuseppe Guerra, o trabalho realizado pelo Tribunal Eclesiástico da Arquidiocese de Mariana (Brasil) foi “realmente formidável”, pois conseguiu terminar a instrução do processo em apenas 11 meses, juntando toda a documentação necessária para que, a partir de agora, a Congregação para a Causa dos Santos possa prosseguir nas verificações e investigações. “Tenhamos fé, e se Deus quiser, em breve, a Santa Igreja irá se pronunciar a respeito desse provável milagre de Ozanam. A humanidade precisa ter um santo como Ozanam, modelo admirável como católico, esposo, pai e profissional”, enfatizou o querido padre Guerra, que também atuou durante a fase de beatificação nos anos 1980/1990.

O Conselho Geral Internacional compartilha, com a toda comunidade vicentina internacional (não somente aos membros da Sociedade de São Vicente de Paulo, mas também aos irmãos e irmãs da Família Vicentina), a felicidade incomensurável por este grande feito. O processo de Ozanam foi aberto em 1925, portanto há 95 anos, e graças a Deus, mesmo durante esta grave crise sanitária mundial, surge um fato novo a comemorar. “É muito emocionante saber que estamos no caminho certo. Precisamos de um milagre para que Ozanam seja declarado santo, e sinto que isso está muito próximo”, enfatizou o nosso Presidente.

O Conselho Geral aproveita a ocasião para agradecer a todos que fazem parte da Comissão “Amin de Tarrazi” pela Canonização de Ozanam: confrade Antonio Gianfico (Itália), confrade Adrian Abel (Inglaterra & Gales), confrade Sebastián Gramajo (Argentina), padre Luís Botelho (vice-postulador no Brasil) e padre Vinícius Teixeira (Brasil), além do próprio Presidente-geral e do padre Guerra. Também o nosso “muito obrigado” aos Conselhos Superiores por difundirem, em seus territórios, o legado magistral dos sete fundadores, com ênfase na devoção a Ozanam. 

A respeito dos detalhes do presumível segundo milagre, todos os religiosos e vicentinos envolvidos assinaram um termo de confidencialidade, jurando sobre a Bíblia Sagrada, e, portanto, não podem ser divulgadas essas informações. Porém, podemos garantir que o suposto milagre é muito significativo, e que temos plena confiança no bom trabalho que a Congregação para a Causa dos Santos irá fazer. Também não é adequado especular sobre prazos ou datas de conclusão, uma vez que a Igreja precisa do tempo necessário para concluir as devidas investigações. 

Com informações SSVP Global

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY