Comissão acompanha Lar onde idosa morre sob suspeita do Covid-19

0
1617
Todos os moradores e funcionários do Lar fizeram o teste rápido. Segundo o resultado dos exames, nenhum deles estava infectado

Os membros da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) no Brasil não se conformam com a morte de uma idosa de 95 anos, moradora do Asilo São Vicente de Paulo, em Guimarânia (MG), na área do Conselho Metropolitano de Patos de Minas (MG). A causa ainda investigada como Coronavírus. Todos os moradores e funcionários fizeram o teste rápido, e o exame não deu positivo em nenhum deles.

Desde que tomou conhecimento do ocorrido, a Comissão Temporária de Acompanhamento das Obras Unidas está junto ao Lar, verificando de perto todas as decisões tomadas, inclusive, como forma de proteção aos outros 23 idosos que residem na instituição.

As Comissões foram instituídas no mês passado pelo Departamento Nacional de Normatização e Orientação (Denor), como forma de auxiliarem as Obras Unidas no enfrentamento ao Covid-19. “A morte da moradora de nosso Lar não é só mais um número nas estatísticas, porque para nós, vicentinos, cada vida é única e muito especial. Mas este é um vírus traiçoeiro e voraz, por mais que nos cerquemos de cuidado”, lamenta o confrade Márcio José, coordenador nacional do Denor.

Ele, equipe e Comissões têm trabalhado dia e noite no enfrentamento ao novo Coronavírus nos 600 Lares pertencentes à SSVP no Brasil, e no cuidado aos 34 mil idosos que moram nessas instituições.

Em Guimarânia, onde houve a morte, a Comissão de Acompanhamento pertence ao Conselho Metropolitano de Patos de Minas. Segundo informações do presidente do Metropolitano, confrade José Carlos Pereira, e do coordenador do Denor local, confrade Osmar Pacheco Costa, os membros que integram a equipe exigiram que o exame da idosa morta fosse encaminhado a um laboratório particular, para que o resultado fique pronto o mais rápido possível.

Já foi criada uma área de isolamento dentro do Lar para caso apareçam sintomas nos demais idosos.

SOBRE A RESIDENTE

A moradora do Lar morreu no último domingo (5). Ela foi internada no Hospital São Lucas, em Patos de Minas. A senhora estava debilitada, em recuperação de uma cirurgia.

Fonte: Redação do SSVPBRASIL

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY