Bispos portugueses divulgam nota enaltecendo legados de São Vicente e dos seguidores dele

0
709

Os bispos da Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) estiveram reunidos na semana passada em Fátima, onde trataram questões relativas à Igreja Católica de Portugal. Dentre os assuntos abordados esteve em pauta a importância de São Vicente de Paulo (1581-1660) como modelo de cristão empenhado em organizar a caridade para combater a fome. Durante o encontro, os bispos divulgaram uma nota sobre o assunto.

O documento faz menção aos ‘400 anos do carisma vicentino’ que serão comemorados em 2017, enaltecendo a figura de São Vicente de Paulo. “(…) tornou-se mestre na arte de organizar e gerir as caridades, sem jamais esquecer que a caridade de Cristo deve animar sempre a dedicação e serviço dos pobres. Ação social, evangelização, formação do clero, eis três campos fundamentais nos quais trabalhou S. Vicente de Paulo e em que continua vivo o carisma que imprimiu nas obras que fundou”, diz o comunicado, referindo-se ao ‘Pai dos Pobres’.

A nota também cita o empenho de Vicente em fundar a Congregação da Missão e Filhas da Caridade, como também de servir como inspiração para outros homens e mulheres criarem grupos e instituições dedicados às obras de caridade, a exemplo da Sociedade de São Vicente de Paulo (SSVP) que, segundo os bispos portugueses, “as Conferências Vicentinas são hoje uma das expressões sociais mais conhecidas”.

Os bispos ainda relataram que o carisma vicentino se faz presente em Portugal há 300 anos, iniciado no país por meio da Congregação da Missão (Ramo dos padres vicentinos).

Eles concluem o documento exortando os fiéis a agirem com caridade, seguindo os exemplos dos membros da Família Vicentina. “À luz da mensagem de misericórdia de que dá testemunho o pontificado o Papa Francisco, crentes e não crentes estão agora mais atentos à desumanidade das periferias humanas e existenciais. Caminha ao encontro dessa mensagem de amor misericordioso o carisma vicentino, que deve colocar o mundo dos pobres no centro de atenção de todos os cristãos e homens e de boa vontade”.

Comente pelo Facebook

LEAVE A REPLY